De acordo com a visão sistêmica, por amor arcaico somos fiéis ao padrões familiares. Fazemos isso para garantir o nosso lugar no grupo, já que ser diferente do bando pode me levar para um lugar de exclusão.

Dessa forma me saboto para permanecer no mesmo lugar, ou cresço até um ponto, não me permitindo crescer em plenitude e receber tudo o que a vida pode me da, por culpa e medo!

Mudar significa ter a coragem de sentir a consciência pesada, de sentir culpa, medo de perder seu lugar na família, ou seja, é um grande desafio, no entanto, a única liberdade real!!