Para entender melhor o relacionamento de um casal

“Quando alguém sai de uma aldeia, onde tudo é estreito e próximo, e sobe ao alto de uma montanha, descortina um horizonte cada vez mais amplo. Quanto mais alto sobe, mais solitário se torna. Apesar disso, percebe-se num contexto mais amplo que antes. Assim, na medida em que nos desprendemos do que está próximo, nós nos vinculamos a algo maior, mas o preço disso é o aumento da solidão. Daí a grande dificuldade que muitos sentem de passar de um vínculo estreito a outro novo e mais amplo. Por outro lado, toda ligação estreita força a evoluir para algo maior e mais amplo. Por esta razão, quando uma relação conjugal alcança seu ponto culminante – que é o nascimento do primeiro filho – ela perde em intimidade e ganha em amplitude. Com isso a relação se enriquece, mas a intimidade forçosamente diminui. Ao começarem um relacionamento, algumas pessoas pensam que ficarão sempre estreitamente unidas. Mas o relacionamento é também um processo de morte. Cada uma de suas crises é experimentada como uma morte, como uma fase do nosso processo de morrer. Nesse processo, algo da intimidade se perde. Porém, num outro nível, o relacionamento ganha uma nova qualidade e fica diferente: mais relaxado, solto e amplo.”

Bert Hellinger – Ordens do Amor

2018-04-26T17:34:04+00:00

One Comment

  1. Carmen Silvia A. Vieira 13/06/2017 at 17:29 - Reply

    Cristina,adorei os textos. quero receber todos.obrigada Carmen Vieira

Deixe um Comentário